É importante saber de várias coisas quando se deseja gravar um vídeo: desde ter boas ideias de como fazer um roteiro de vídeo até ter estudado muito sobre o assunto abordado, para passar a melhor mensagem possível. Porém, a iluminação para vídeos é algo que jamais pode ser colocada em segundo plano.

É comum que um emaranhado de pensamentos envolvam a mente de qualquer pessoa que esteja pensando no desenvolvimento de um vídeo e em sua execução, mas não há ponto mais importante do que a iluminação para vídeos, que por si só pode trazer um tom completamente diferente.

Por isso, é obrigatório entender as melhores técnicas de iluminação para gravar vídeos e aplicá-las corretamente, já que isso influenciará diretamente na qualidade do conteúdo criado.

Iluminação Para Vídeos: o Que Você Deve Saber

A importância da iluminação para gravar vídeos é muito, mas muito grande. Para compreender essa ideia um pouco melhor, basta fazer um paralelo com a luz no nosso cotidiano: sem luz, não é possível enxergar nada, ao passo que luz em excesso atordoa a vista.

Tal importância também é similar na fotografia, que tem na iluminação um de seus pilares. Mesmo que várias fotos sejam capturadas exatamente nas mesmas condições, mudar o foco, a intensidade e a posição da luz passa uma imagem completamente diferente.

Alguns dos principais pontos quando se trata da iluminação para vídeos são os seguintes:

Posição

A posição da iluminação para vídeo é extremamente importante. Dependendo de onde a luz vier, é possível focar mais em determinados aspectos e deixar outros sob menos evidência.

A luz lateral é utilizada para revelar textura. Por exemplo, se você estiver gravando uma cena próximo a alguma parede de tijolos e quiser destacar essa informação, basta utilizar uma luz lateral focada nos tijolos. Assim, os vãos que existem entre eles serão realçados, o que fará com que ela chame mais atenção.

Já a luz traseira realça os formatos, o que pode ser visto perfeitamente no exemplo de uma silhueta, em que é possível ver apenas o contorno do corpo. Caso a cena tenha que evidenciar partículas sólidas, como a poeira, basta usar a iluminação para vídeos vinda de trás da imagem, o que dará ênfase aos pequenos grãos de poeira.

Por fim, a luz frontal é a mais comumente utilizada, embora seja a que traz menos emoção e realça menos os detalhes. Isso faz com que a iluminação para gravar vídeos na posição frontal seja ótima para tutoriais de maquiagem, por exemplo, já que ela ajuda a esconder imperfeições e deixa a imagem mais bonita.

Dureza

Pode parecer bastante estranho falar sobre a dureza da luz, mas isso é verdade. Existem dois tipos de luz: a dura e a suave, também chamada de difusa.

Utilizar uma luz dura é uma técnica de iluminação para vídeo que ajuda a destacar as sombras e os níveis da imagem, ao passo que estas ficam mais pronunciadas. Por outro lado, a luz suave ou difusa ameniza essas sombras e torna a imagem mais uniforme.

Geralmente, para ter uma imagem esteticamente mais bonita, utiliza-se a luz suave, o que pode ser obtido através de um difusor de luz, também chamado de softbox. Esse equipamento pode ser adquirido ou então improvisado em casa, com um tecido ou um plástico branco e uma superfície para sustentá-lo.

Cor

Sabe aquela diferença que você nota quando troca a lâmpada branca da cozinha por uma amarela? Pois bem, isso também pode ser utilizado como uma técnica de iluminação para gravar vídeos, guardadas as devidas proporções.

Utilizar diferentes cores de luz é uma técnica geralmente adotada para dar mais ênfase ao fundo da imagem ou até mesmo ao sujeito principal. Para alterar a cor da luz, são utilizados difusores coloridos em gel.

Dá para fazer imagens bem bacanas com isso, desde que eles sejam utilizados com moderação. Seu uso correto pode mudar bastante a entonação de uma cena.

Intensidade e Contraste

Essas duas variáveis sempre andam juntas quando se trata da iluminação para vídeos. Quanto mais intensa for a luz em determinado lugar da cena, maior será o contraste com o restante.

Para ter mais contraste, basta aproximar a luz do objeto que se deseja destacar. Consequentemente, o fundo ficará mais “apagado”. Por outro lado, diminuir a intensidade da luz também diminuirá o contraste.

O melhor a se fazer para entender esse comportamento na prática é fazer testes: mover a iluminação para frente ou para trás e aumentar ou diminuir a intensidade da luz.

Aprenda o Máximo Sobre a Iluminação Para Gravar Vídeos

Essas não são apenas dicas de como fazer vídeos para o YouTube, já que podem (e devem) ser utilizadas em todos os tipos de vídeo. A iluminação é essencial para que os vídeos transmitam exatamente aquilo que você deseja, focando ao máximo na sua ideia.

Além disso, é importante ressaltar a grande importância da iluminação no chroma key para vídeos: se a superfície não estiver corretamente iluminada, a qualidade do efeito aplicado ficará bem baixa.

Se você quer saber como fazer um vídeo no celular ou em uma câmera não tão potente assim e quer que seu visual seja o mais próximo possível do de um vídeo profissional, então precisa aprender todas as técnicas de iluminação, o que mostrará que você realmente se preocupa com a qualidade como um todo.

Se você não quer ter todo esse trabalho com a iluminação para vídeos e, mesmo assim, deseja um excelente resultado, o ideal é contar com uma produtora de vídeo profissional, como a DP2, que já tem mais de 10 anos de experiência no mercado. Assim, você terá um vídeo executado com perfeição em cada mínimo detalhe.